Volkswagen 7ª geração do Jetta

Novidades


Escrito por:

Jaguar controlado pelo relógio

A iluminação ambiente tem dez combinações de cores disponíveis.
 
Assim como o Virtus e o Tiguan Allspace, o novo Jetta oferece o chamado “Manual Cognitivo” – que usa o sistema IBM Watson para responder aos motoristas questões sobre o veículo, incluindo informações contidas no manual do carro.
 
O aplicativo “Meu Volkswagen” conta com tecnologia do Watson para responder em português e espanhol. 
 
Como nos sites de pesquisas na internet, o aplicativo tem campos para digitação e microfone para que o usuário faça sua pergunta. O sistema reconhece sotaques e é capaz de aprender quanto mais se interage com ele.
 
O motor da 7ª geração do Jetta é o 1.4 TSI flex de 150 cv a 5.000 rpm, que atua em conjunto com a transmissão automática de seis marchas Tiptronic. Com ele, o sedã acelera de 0 a 100 km/h em 8,9 segundos e alcança 210 km/h.
 

Jaguar controlado pelo relógio

O motor 1.4 desenvolve 150 cv de potência.
 
O design da dianteira tem ênfase em linhas horizontais e a grade em forma trapezoidal é composta por quatro barras cromadas, que fluem na direção dos faróis de LED. Na traseira, o spoiler é integrado ao design da tampa do porta-malas e se junta às linhas das extremidades das laterais, explorando bem a largura do sedã.
 
Ao volante do novo Jetta, o motorista pode escolher entre quatro opções de condução: a Eco privilegia a economia de combustível, a Normal mantém os ajustes de fábrica, a Sport visa uma condução mais esportiva e a Individual acerta os parâmetros de direção, transmissão e outros assistentes da maneira como o motorista preferir. 
 
Mas, certamente um item que o motorista sentirá falta enquanto dirige o Jetta são as borboletas no volante para trocas de marcha. A Volkswagen na precisava ter economizado nesse item em um modelo que custa na faixa de R$ 110.000 na sua versão mais barata.

Comentários fechados