Novo Audi Q3 ganha mais recursos e espaço

LançamentosNotíciasNovidades


Escrito por:

Segunda geração do Audi Q3 chega em três versões a partir de R$ 179.990.

Na frente, a principal mudança é agrade octogonal.

O segmento de SUVs premium segue aquecido no Brasil e uma das responsáveis por isso é a família Q da Audi, composta pelos modelos Q3, Q5, Q7 e Q8. Para alinhar a gama com a mesma linguagem visual, a marca lançou a segunda geração do Q3, que teve 750 intenções de compra no período de pré-venda.

“O Audi Q3 está completamente novo, com mais espaçoso e tecnologia. Ele é ideal para o dia a dia da cidade ou para viagens com a família”, afirma Johannes Roscheck, presidente da Audi do Brasil.

O novo Audi Q3 está disponível em três versões: Prestige (R$ 179.990), Prestige Plus (R$ 189.990) e a topo de linha Black (R$ 209.990). Em maio, a linha de SUVs receberá o reforço do E-tron, primeiro modelo 100% elétrico da Audi.

Na segunda geração, a lanterna invade a tampa do porta-malas.

O novo Audi Q3 vem importado da Hungria, mas a Audi estuda a viabilidade de produzi-lo também no Brasil. A segunda geração está mais crescidinha, posicionado-se em um patamar superior dos SUVs compactos.

Agora, ele mede 4,48 metros de comprimento e 1,85 m de largura – respectivamente 9,7 cm e 2,5 m maior que a geração anterior. A distância entre-eixos de 2,68 m foi alongada em 7,7 cm, melhorando o espaço interno para os ocupantes.
Os bancos traseiros da segunda geração do Audi Q3 são corrediços e podem ser movidos para frente em 15 cm. Os passageiros da traseira têm a opção de um descansa-braço central, que se transforma em mesinha para acomodar dois porta-copos.

O porta-malas de 530 litros é 70 litros superior que o antecessor e apenas 20 litros menor que o do Q5, o maior dos SUVs da Audi. Dependendo do rebatimento dos bancos traseiros, o volume do compartimento de bagagem vai a 675 litros ou 1.525 litros. É possível também ajustar o assoalho do porta-malas em dois níveis, operação que facilita a colocação de bagagens pesadas.

Uma das combinações internas realça o laranja, que dá um aspecto mais esportivo.

A principal mudança na dianteira é a implantação da grade octogonal Singleframe. Na lateral, a coluna C apresenta inclinação mais acentuada e os faróis traseiros invadem bem a tampa do porta-malas. Na primeira geração, eles terminavam no limite da tampa.

Por dentro do novo Audi Q3, o painel traz o desenho octogonal que combina com a grade frontal e a tela da central multimídia é de 8,8 polegadas sensível ao toque. Há interface para sistemas operacionais IOS e Android e quatro portas USB (duas na frente e duas atrás).

O Audi Q3 é equipado com motor 1.4 turbo de quatro cilindros, movido a gasolina. Ele entrega 150 cv de potência e 25 kgfm de torque e atua associado ao câmbio automático de seis velocidades. Segundo a marca, o carro chega a 207 km/h e completa a aceleração de 0 a 100 km em 9,3 segundos.

O motorista pode variar as características de desempenho do Q3 por meio de cinco modos de condução no Audi Drive Select: de grande conforto até a opção esportiva. O sistema influencia a resposta do acelerador, do esterçamento e das mudanças da transmissão.

O motor 1.4 turbo a gasolina rende 150cv de potência.

Os recursos tecnológicos também são mais ricos no novo Audi Q3. Desde a versão Prestige ele possui câmera de ré, controle de descida em ladeira, assistente de partida em rampa, piloto automático com controle de velocidade e faróis de LED.

Mais incrementada, a Prestige Plus agrega porta-malas com abertura e fechamento elétricos, sistema Keyless Entry — que destrava as portas com a aproximação da chave –, faróis com ajuste automático de altura, ar-condicionado de duas zonas e o Audi Virtual Cockpit, quadro de instrumentos digital com tela de 10,25 polegadas. A topo de linha Black incorpora itens como teto solar elétrico.

 

Fotos

Créditos – Divulgação/Audi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *