Leilão de carros recuperados

NotíciasNoticias Automotivas


Escrito por:

Saiba tudo sobre leilão de carros recuperados!

24/07/2018 – Texto: Autoline | Foto: Divulgação

Jaguar controlado pelo relógio

A compra de automóveis através de leilões feitos por empresas credenciadas tem se tornado bastante popular no país. Afinal, os valores pagos podem atingir até quase metade do preço que consta na tabela Fipe, sendo boas oportunidades para quem deseja revender. Contudo, você já se perguntou como funciona um leilão de carros recuperados de financeiras? 
 
Para te ajudar a entender melhor como isso acontece na prática, além de avaliar se pode ser realmente um  negócio viável para você, preparamos este artigo, acompanhe!
 
Entenda o Leilão de Carros Recuperados de Financeiras
Os pregões são realizados tanto em locais previamente definidos — por bancos, financeiras e empresas — quanto de forma online. Os carros e motos leiloados são, geralmente, veículos financiados onde o comprador não conseguiu quitar todo o financiamento e teve o bem apreendido como parte da garantia. 
 
Estes são arrematados pela financeira no leilão, que quita a dívida e caso sobre algum valor residual, devolve ao comprador. Parece um bom negócio, não é mesmo? Porém, antes de optar por essa modalidade de compra, é importante tomar alguns cuidados para que não saia prejudicado no final da transação.
 
De qualquer maneira, leilões promovidos por bancos e financeiras são considerados os mais rápidos para negociar. Além disso, possuem diversos modelos disponíveis e oferecem mais chances para que obtenha sucesso no lance, já que diluem a concorrência. 
 
Outra vantagem é que tem menos burocracia, sem contar as condições dos veículos ofertados, que sempre estão em melhores condições se comparados a outros tipos de pregões.
 
Saiba todas as regras sobre leilão de carros
Como dissemos, é essencial que ao participar de um leilão de carros recuperados de financeiras você tome alguns cuidados. Um deles é saber todas as regras envolvidas, como os valores de incremento, as formas de fazer os lances, documentos necessários para participação, tipos de pagamento, além de possíveis multas se não efetivar de fato a compra.
 
É interessante que procure participar inicialmente dessa modalidade de compra apenas como observador. Isso para que conheça todos os procedimentos exigidos pelo promotor do leilão. Mais uma dica é ter o apoio de um advogado na leitura e análise do contrato para que nada passe despercebido e não faça um negócio que venha a se arrepender depois.
 
O que achou de como funciona um leilão de carros recuperados de financeiras? Esperamos ter esclarecido neste artigo as principais dúvidas sobre o tema. Não deixe de acompanhar o site do Autoline para mais conteúdos como esse!

Comentários fechados