Como foram as vendas de carros novos em janeiro

MercadoNotíciasNovidades


Escrito por:

Mercado registra queda no primeiro mês do ano, mas setor mantém otimismo.

O Renault Kwid roubou a quarta posição do Hyundai HB20.

Depois do crescimento acima do patamar de 7% nas vendas de carros novos em 2019, o mercado iniciou 2020 registrando um tropeço considerável. Em janeiro, foram emplacados 184.125 automóveis de passeio e comerciais leves, queda de 3,4% em relação ao mesmo mês do ano passado.

O que salta aos olhos é a comparação com dezembro (251.795 veículos licenciados). Aí o tombo nas vendas de carros novos bate em 27%. Apesar do recuo, a associação das fabricantes (Anfavea) mantém o otimismo, ao projetar que 2020 será ainda melhor que 2019.

O primeiro mês do ano demonstra que a briga pela maior participação do mercado ficará, principalmente, entre General Motors e Volkswagen. A GM terminou 2019 na ponta e quer sustentar a hegemonia, com 19% do market share. A Volkswagen detém 16%, enquanto a Fiat é dona de 14%. A Renault, quarta colocada, encontra-se um pouco mais distante, com 8,4%.

O Chevrolet Cruze Sedan surpreende ao ficar à frente do Honda Civic.

Se a retração nos emplacamentos surpreendeu, o ranking dos carros mais vendidos não apresenta novidades. O Chevrolet Onix continua incólume na frente. Em janeiro, ele vendeu 17.463 unidades e, em segundo lugar, aparece sua versão sedã, o Onix Plus (8.722) que, em dezembro, já havia dado uma rasteira em Ford Ka e Hyundai HB20.

A Hyundai, por sinal, deve estar bem preocupada. O novo HB20 não repete o desempenho da geração anterior e perdeu a quarta posição para o Renault Kwid no primeiro mês de 2020. Agora, o hatch se vê ameaçado também pelo Volkswagen Gol.

Entre os comerciais leves, a Fiat Strada segue na liderança com vantagem apertada sobre o irmão Toro (5.419 vs. 5300). No entanto, há uma explicação: a Fiat prepara o lançamento da nova Strada e quem tem interesse na picape certamente está aguardando o modelo reestiliado. A VW Saveiro, que sempre completava o pódio, foi desbancada pela Toyota Hilux.

Entre as categorias de automóveis, os sedãs médios registram uma surpresa. O Honda Civic – sempre tranquilo na segunda posição – perdeu o posto para o Chevrolet Cruze Sedan (1.739 unidades contra 1.589). Ambos, porém, não fazem cócegas no Toyota Corolla (3.932).

Já entre os SUVs, a briga familiar promete. O Jeep Renegade vendeu 4.325 unidades em janeiro, apenas 13 carros a mais que o Jeep Compass. Para o Grupo FCA, trata-se de um delicioso empate técnico.

 

Fotos

Créditos – Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *