BMW X1 2020 estreia em três versões

NotíciasNovidadesNovidades


Escrito por:

Feito no Brasil, novo BMW X1 parte de R$ 196.950 e vai até R$ 235.950.

Na frente, a famosa grade de duplo rim foi redesenhada.

Fabricado em Araquari (SC), o BMW X1 2020 já está disponível nas concessionárias da marca em três versões de acabamento. O X1 sDrive20i GP, de entrada, custa R$ 196.950 e traz itens como ar-condicionado automático digital, volante multifunção, sensores de estacionamento dianteiro e traseiro e controle de cruzeiro.

A versão intermediária X1 sDrive20i X Line sai por R$ 216.950 e adiciona equipamentos como assentos dianteiros esportivos com regulagem elétrica e memória, sistema de navegação, head-up display e teto solar panorâmico. A topo de linha X1 xDrive25i Sport tem na etiqueta o preço de R$ 235.950 e se diferencia pelo sistema de áudio Hi-Fi e pelas rodas de liga-leve de 19 polegadas Y-spoke.

A dupla saída de escapamento ficou maior no X1 2020.

Na carroceria, as principais novidades do BMW X1 2020 são os desenhos da grade de duplo rim e dos para-choques, que fazem lembrar os irmãos maiores BMW X3 e X5, além do estilo renovado do conjunto óptico, que incorpora os faróis de neblina.

Não é só: a ponteira dupla de escapamento ficou maior e os faróis de neblina têm iluminação de LED. Por dentro, a tela da central multimídia é de 8,8 polegadas na versão GP e 10,25 polegada nas configurações X Line e Sport, melhorando a interação com as tecnologias do veículo.

BMW X1 2020 mede 4,44 metros de comprimento, 1,82 m de largura e 1,60 m de altura, com distância entre-eixos de 2,67 m, dimensões que garantem bom espaço para a acomodação dos passageiros. O porta-malas abriga 505 litros, mas pode se converter 1.550 litros, desde que os bancos traseiros sejam rebatidos.

Volante multifunção, câmbio automático de oito marchas e a central multimídia são atrações na parte interna.

Sob o capô, o novo BMW X1 guarda o motor 2.0 flex turbo, de quatro cilindros em linha. Nas duas versões sDrive20i, ele entrega 192 cv de potência a 5.000 rpm e está associado à transmissão automática Steptronic de oito marchas e borboletas atrás do volante para trocas manuais. Nesta configuração, o SUV acelera de 0 a 100 km/h em 7,7 segundos e alcança 225 km/h.

Já o xDrive25i gera 231cv (a 5.000 rpm) e tem a mesma caixa de câmbio Steptronic. A diferença é que ele vem com a tração integral xDrive. A aceleração de 0 a 100 km/h é feita em 6,5 segundos e a velocidade máxima é de 235 km/h.

Os recursos tecnológicos do novo BMW X1 estão em todas as partes. Ele possui  Parking Assistant com câmeras de ré, função Auto Start/Stop, dupla entrada de USB no console central, luzes de LED internas e BMW ConnectedDrive, dispositivo que exibe informações sobre condições de trânsito em tempo real, alerta de manutenção de componentes e serviços de concierge (como reservas de hotéis e chamada de emergência inteligente).

 

Fotos

Créditos – Divulgação/BMW

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *