Avaliação: Ford Ka Freestyle 1.0

AvaliaçõesNovidadesTestes


Escrito por:

Ka aventureiro ganha motor 1.0 e é muito equipado.

Na dianteira, o Ka Freestyle 1.0 tem diferenças sutis em relação à versão 1.5.

Em sua estratégia global de desenvolvimento de novos modelos, a Ford pretende priorizar projetos de SUVs e picapes. Tanto que a marca trará para o Brasil os utilitários esportivos Territory (feito na China) em 2020 e o mini-Bronco (o nome é provisório).

Ou seja: sedãs e hatches cada vez mais estão perdendo espaço. Apesar do redirecionamento de seus planos, a Ford não pode abrir mão do Ka no mercado brasileiro.

O compacto é o terceiro modelo mais vendido do país – atrás somente de Chevrolet Onix e Hyundai HB20 – e a versão Ka Freestyle 1.0, com apelo aventureiro, amplia a linha de ofertas.

No ano passado, a Ford já havia lançado o Ka FreeStyle 1.5 e agora aumentou a família com motor 1.0 e câmbio manual, que foi avaliado por autoline. Segundo a Ford, o Ka Freestyle responde por 10% das vendas da gama e com a versão FreeStyle 1.0, que custa R$ 56.690, ela pretende ganhar participação do mercado.

O rack no teto pode levar objetos de até 50 kg .

O motor 1.0 flex de três cilindros e 85 cv e o câmbio manual MX65 de cinco marchas garantem o bom desempenho do Ka Freestyle 1.0, que apresenta respostas rápidas na cidade e valentia nas estradas. Abastecido com gasolina, ele roda quase 14 km/l no percurso misto,

O modelo é muito equipado. Dispõe de direção elétrica, suspensão recalibrada para suportar pisos um pouco mais severos (calma, não vá encarar uma trilha pesada com ele), controles de estabilidade e tração, assistente de partida em rampa, rodas de liga leve de 15 polegadas, faróis de neblina, molduras nos para-lamas e rack no teto com capacidade de 50 kg, podendo levar objetos como bicicleta e prancha.

O motorista se sente muito confortável a bordo do Ka Freestyle 1.0, graças à posição de dirigir agradável e ao acabamento caprichado, com direito ao teto preto, painel marrom escuro e aos bancos esportivos e revestidos parcialmente em couro.

A central multimídia Sync 2.5 possui tela de sete polegadas.

A central multimídia Synk 2.5 e tela flutuante de sete polegadas é intuitiva e garante ótima visibilidade aos passageiros. Tem entrada USB e é compatível com sistemas Android Auto e Apple Car Play. Sensor de estacionamento traseiro, ar-condicionado, travas, vidros e retrovisores elétricos completam a lista de itens de série.

Comparado ao Freestyle 1.5, o 1.0 diferencia-se no visual pela grade dianteira cinza do tipo colmeia, faróis com máscara negra, aplique inferior em prata nos para-choques e moldura em preto fosco no contorno da carroceria.

A direção elétrica recebeu calibração especial de assistência, que reduz o esforço em manobras de estacionamento e aumenta o controle e precisão do carro em alta velocidade, além de sistemas inteligentes para filtrar vibrações e compensar variações na pista.

 

Fotos

Créditos – Divulgação/Ford

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *