Audi celebra 25 anos de lançamento do RS

DataNovidades


Escrito por:

Ao longo da história do RS, 25 modelos foram produzidos.

Alguns Audi RS reunidos: requinte e alta performance.

O Audi está celebrando os 25 anos do lançamento do RS, que estreou no mercado com o nome RS 2 Avant. No total, 25 modelos RS foram produzidos nesse período. A designação RS significa uma filosofia da marca alemã de buscar o máximo desempenho e perfeição em seus produtos.

Para comemorar a data, a fabricante inaugurou uma exibição no Audi Fórum, em Neckarsulm (Alemanha). Além dos automóveis de passeio, foram apresentadas 14 raridades genuínas RS. Entre elas, estão uma versão de competição do Audi TT RS, de 2011; o RS 5 de turismo da categoria DTM, vencedor na temporada de 2013, e um protótipo do Audi RS 8 que não chegou a ser produzido.

Segundo a Audi, os modelos RS destacam-se por desempenho, prestígio e exclusividade dentro do que é tecnicamente viável, sem perdas no uso urbano. Muitos são pioneiros em inovações técnicas, como, por exemplo, o Audi RS 4 Avant, com motor V6 biturbo, e o TT RS, com o potente motor cinco cilindros.

Em 1994, o Audi RS 2 Avant tornou-se o ápice das peruas de alto desempenho. A tração Quattro com diferencial central autotravante provou ser eficiente em provas automobilísticas e ralis, transferindo todo o desempenho para as pistas.

Cinco anos depois, o Audi RS 4 Avant – baseado no S4 – trazia motor 2.7 V6 biturbo. A segunda geração desse modelo chegou em 2005 com motor V8 de 420 cv. Foi a primeira vez que uma montadora combinou injeção direta de gasolina com o conceito de altas rotações, aumentando a potência do carro.

Em 2007, o motor também foi usado na primeira geração do Audi R8. A suspensão tinha a última geração da tração permanente Quattro nas quatro rodas, além do sistema de amortecedores Dynamic Ride Control (controle dinâmico na rodagem), usado pela primeira vez no RS 6, em 2002.

Confira todos os modelos RS em ordem cronológica:

  • Audi RS 2 Avant (1994): 2.2 turbo, cinco cilindros, 326 cv
  • Audi RS 4 Avant (2000): 2.7 biturbo, 380 cv
  • Audi RS 6 Sedan e RS 6 Avant (2002): 4.2 V8 biturbo, 450 cv. A partir de 2004: RS 6 Plus, 480 cv, limitado a 999 veículos
  • Audi RS 4 Sedan (2005), RS 4 Avant (2006), RS 4 Cabriolet (2006): 4.2 V8, 420 cv
  • Audi RS 6 Sedan e RS 6 Avant (2008): 5.0 V10 biturbo, 580 cv. A partir de 2010: RS 6 Plus com velocidade máxima ajustada a 303 km/h
  • Audi TT RS Coupé e TT RS Roadster (2009): 2.5, cinco cilindros, 340 cv. A partir de 2012, há também a versão com 360 cv
  • Audi RS 5 Coupé (2010) e RS 5 Cabriolet (2012): 4.2 V8, 450 cv
  • Audi RS 3 Sportback (2011): 2.5, cinco cilindros, 340 cv
  • Audi RS 4 Avant (2012): 4.2 V8, 450 cv
  • Audi RS Q3 (2013): 2.5, cinco cilindros, 310 cv. A partir de 2014: 340 cv e a partir de 2016, versão Performance com 367 cv
  • Audi RS 6 Avant (2013): 4.0 V8 biturbo, 560 cv. A partir de 2015: versão  Performance com 605 cv
  • Audi RS 7 Sportback (2013): 4.0 V8 biturbo, 560 cv. A partir de 2015: versão Performance com 605 cv
  • Audi RS 3 Sportback (2015): 2.5, cinco cilindros, 367 cv
  • Audi TT RS Coupé e TT RS Roadster (2016): 2.5, cinco cilindros, 400 cv
  • Audi RS 3 Sedan (2017): 2.5, cinco cilindros, 400 cv
  • Audi RS 5 Coupé (2017): 2.9 V6 biturbo, 450 cv
  • Audi RS 4 Avant (2017): 2.9 V6 biturbo, 450 cv
  • Audi RS 5 Sportback (2018): 2.9 V6 biturbo, 450 cv

 

Foto

Crédito – Divulgação/Audi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *