As vendas de carros usados em agosto

NovidadesUsados


Escrito por:

VW Gol e Fiat Strada passeiam tranquilos na liderança.

Desempenho da Mitsubishi L200 usada é melhor que o do modelo 0 km.

No cenário em que Volkswagen Gol (no ranking de automóveis de passeio) e Fiat Strada (comerciais leves) dominam inapelavelmente o mercado de veículos usados no Brasil, estar entre os dez mais vendidos é um feito a ser comemorado. Ainda mais quando a versão 0 km do mesmo modelo não é exatamente um campeão de vendas – longe disso.

Um exemplo é a picape Mitsubishi L200. Ela ocupa a nova posição na lista de comerciais leves, com 5.295 unidades comercializadas em agosto e está atrás de modelos como Fiat Fiorino, VW Kombi e Chevrolet Montana, que custam bem menos das lojas de seminovos.

Para se ter ideia como a procura pela L200 de segunda mão é expressiva, o modelo 0 km vendeu 806 picapes em agosto e 6.700 no acumulado do ano.

No contexto de comerciais leves, a L200 não tem do que se queixar, até porque a Strada é imbatível. Foram vendidas 26.657 picapes pequenas da Fiat em agosto, número que lhe garante a liderança à frente de VW Saveiro (19.842) e Chevrolet S10 (14.471).

Entre os automóveis de passeio, o Gol desfila à vontade na frente, com 79.410 carros negociados nas lojas, em agosto. O segundo colocado, Fiat Palio (50.075), não representa o menor perigo. O compacto deve se preocupar mais com a aproximação do irmão Fiat Uno (48.760).

A venda de carros usados em agosto chegou a 986.311 unidades, entre automóveis de passeio e comerciais leves. Isso representa uma queda de 2,2% em relação a julho e 4,6% ante o mesmo mês de 2018. Apesar da curva negativa, a soma dos oito primeiros meses supera a do ano passado em 1,1%: são 7.118.072 veículos contra 7.042.301.

A Volkswagen detém a maior participação no segmento de carros usados, com 20,5%. Mas a General Motors vem logo atrás, com 20%, e também é seguida de perto por Fiat, com 19,8%. Com 10%, a Ford está bem afastada dos líderes.

 

Foto

Crédito – Divulgação/Mitsubishi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *