Arrizo 5e é o primeiro sedã elétrico vendido no Brasil

LançamentosNotíciasNovidades


Escrito por:

Modelo da Caoa Chery custa R$ 159.900 e tem 322 km de autonomia.

O Arrizo 5e desenvolve 122 cv de potência.

Caoa Chery está lançando o Arrizo 5e, o primeiro sedã totalmente elétrico vendido no mercado brasileiro, por R$ 159.900. A versão com motor a combustão já estava disponível nas concessionárias da marca e agora ganha um reforço na família.

Apresentado no Salão Internacional do Automóvel de São Paulo de 2018, o Arrizo 5e traz bateria de íons de lítio com capacidade de carga de 53,5 kWh, o que lhe garante autonomia de 322 km, conforme o Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular do Inmetro.

O recarregamento da bateria demora uma hora na carga rápida dos eletropostos, oito horas no Wall Box – acessório vendido separadamente para ser instalado na residência do proprietário — e 20 horas com cabo emergencial em tomada de três pinos.

O design da traseira é igual ao da versão flex.

A potência do Arrizo 5e é de 90 kW, equivalente a 122 cv, e o torque é de 28,1 kgfm. Como comparação, o Arrizo 5 1,5 turbo flex rende 150 cv e 19,4 kgfm, respectivamente. A velocidade máxima da versão elétrica chega a 152 km/h.

O projeto da bateria do sedã é semelhante ao do Nissan Leaf. Ela é dividida em 24 módulos e, se for preciso, apenas um deles pode ser substituído, sem a necessidade de troca do conjunto completo. O carro tem três anos de garantia, ao passo que o sistema de propulsão elétrico oferece oito anos.

Na grade dianteira está instalada a tomada para recarregar a bateria.

Um dos destaques do Arrizo 5e é o conforto, graças às suas generosas dimensões de 4,54 m de comprimento, 1,81 m de largura, 1,49 m de altura e 2,65 m de distância entre-eixos. O porta-malas aloja 430 litros de bagagem.

Segundo a Caoa Chery, o modelo também se destaca pelo custo-benefício. As revisões até 60.000 km saem por R$ 2.257, valor 30% inferior ao da versão convencional.

A exemplo do irmão com motor flex, o Arrizo 5e é bem equipado e possui muita tecnologia. A marca evita o nome central multimídia no sedã, agora rebatizada de central de interação e gerenciamento de funções. Com tela de 10 polegadas e sensível ao toque, ela agrupa comandos de climatização, regeneração de energia, rádio, mídias, interface visual com celular, sincronização de agenda e configuração de equipamentos.

No painel de instrumentos digital e colorido estão indicados os dados do sistema de propulsão elétrica, como carga, consumo e tensão da bateria, potência utilizada em determinados trechos de deslocamento e a energia recuperada durante a desaceleração.

A central de interação e gerenciamento de funções tem tela de 10 polegadas colorida e intuitiva.

O Arrizo 5e também tem sistema de monitoramento da pressão e temperatura dos pneus, assistente eletrônico de partida em rampa, freio de estacionamento eletrônico e modos de condução Sport, Eco e Eco+ (para situações de emergência). No modo Sport, o modelo apresenta um desempenho bastante satisfatório, mas no Eco ele deixa a desejar principalmente nas arrancadas e nas subidas.

A lista de equipamentos de série inclui luz diurna, lanternas traseiras com LED, luz de neblina traseira, indicadores de direção nos retrovisores, controles de tração e estabilidade, freio de estacionamento eletrônico, sistema Isofix de fixação de cadeirinhas infantis, ar-condicionado digital com controle automático de temperatura, câmera de ré com sensor de estacionamento, direção elétrica e teto solar elétrico.

No design, uma das poucas mudanças do Arrizo 5e em relação à versão flex está na grade dianteira, onde foi instalada a tomada de força para carregamento da bateria. Um detalhe curioso é que o carro tem a tampa do reservatório de combustível lacrada. Sinal de que a mesma carroceria do sedã flex é “encaixada” na versão elétrica.

 

Fotos

Créditos – Divulgação/Caoa Chery

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *